Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2705
Título: Relação entre o posicionamento ético predominante, a formalização das normas e o agir conforme as normas organizacionais
Tipo: Monografia de graduação
Autor(es): Hollanda, Pedro Paulo Teófilo Magalhães de
Pinto, Adelayde Costa
Palavras-chave: Comportamento humano;Normas organizacionais;Clima ético;Personalidade;Posicionamento ético;Formalização;Consistência;Confea
Data do documento: 6-Dez-2019
Editor: IDP/EAB
Citação: PINTO, Adelayde Costa. Relação entre o posicionamento ético predominante, a formalização das normas e o agir conforme as normas organizacionais. 2019. 79 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Bacharelado em Administração Pública) - Instituto Brasiliense de Direito Público, Brasília, 2019.
Resumo: Levando em consideração a evidente importância de estudos sobre o comportamento humano nas organizações e a falta de evidências empíricas sobre esta temática, além da ausência de registros sobre a forma como as normas são implantadas dentro das organizações, o presente estudo investigou quais fatores concorrem para o cumprimento de normas organizacionais no ambiente produtivo do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia. Para tanto, utilizaram-se categorias analíticas propostas por Borrry et al. (2018), estendendo a investigação para verificar empiricamente o efeito de outras variáveis individuais, também relevantes, tais como: personalidade e posicionamento ético; assim como variáveis de nível contextual, como: clima ético, formalização e consistência de normas. Este estudo investigou se há relação entre a personalidade dos trabalhadores e o seguimento ou não de normas, bem como o efeito do posicionamento ético individual sobre o seguimento ou não de normas, testou, também, o efeito do clima ético, que por sua vez configura variável contextual sobre o seguimento ou não de normas organizacionais. A amostra do experimento totalizou em 76 colaboradores da organização, o que corresponde a um quarto do total da população estudada. Metodologicamente, a pesquisa possui recorte transversal e delineamento quaseexperimental. A coleta de dados foi realizada por meio de survey com base em vinhetas. Por meio das vinhetas aplicadas constatou-se que não há discrepâncias entre o percentual de colaboradores que optaram por cumprir ou não a regra imposta, sendo ela escrita ou não escrita, inclusive diante da situação de suspender ou não um empregado por uma semana em razão de ter faltado quatro dias injustificados em um período de pagamento, 73% dos participantes cumpriram a regra mesmo ela não estando formalizada (não escrita). Nas demais hipóteses em que a suspensão imposta foi de um dia ou duas semanas em regras escritas e não escritas, houve maior cumprimento da regra quando a mesma estava escrita. Ao analisar os traços de personalidade da amostra, constatou-se que os trabalhadores possuem uma média elevada de amabilidade, extroversão e abertura para novas experiências e em contrapartida possuem uma média baixa de conscienciosidade e médio neuroticismo. Contudo, considera-se que os objetivos pretendidos neste estudo foram alcançados.
Taking into account the evident importance of studies on human behavior in organizations and the lack of empirical evidence on this issue, in addition to the absence of records on how norms are implemented within organizations, this study investigated which factors contribute to the fulfillment of organizational norms in the productive environment of the Federal Council of Engineering and Agronomy. For this purpose, analytical categories proposed by Borrry et al. (2018) were used, extending the investigation to empirically verify the effect of other individual variables, also relevant, such as: personality and ethical positioning; as well as variables of a contextual level, such as: ethical climate, formalization and consistency of norms. This study investigated whether there is a relationship between workers' personality and the follow-up or not of norms, as well as the effect of individual ethical positioning on the follow-up or not of norms, also tested the effect of ethical climate, which in turn configures contextual variable on the follow-up or not of organizational norms. The sample of the experiment totaled 76 employees of the organization, which corresponds to a quarter of the total population studied. Methodologically, the survey has a cross-sectional cut and quasi-experimental design. The data collection was carried out by means of a survey based on vignettes. Through the vignettes applied, it was found that there are no discrepancies between the percentage of employees who chose to comply or not with the imposed rule, whether or not it was written, including the situation of suspending or not an employee for one week due to having missed four unjustified days in a pay period, 73% of the participants complied with the rule even though it was not formalized (not written). In the other cases where the suspension imposed was for one day or two weeks in written and unwritten rules, there was greater compliance with the rule when it was written. When analyzing the personality traits of the sample, it was found that the workers have a high average of kindness, extroversion and openness to new experiences and, on the other hand, have a low average of conscientiousness and medium neuroticism. However, it is considered that the objectives intended in this study were achieved.
Descrição: Trabalho de Conclusão de Curso apresentado como parte dos requisitos à obtenção do título de Bacharel em Administração Pública do Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.
URI: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2705
Aparece nas coleções:Trabalhos de Conclusão de Curso (Graduação)

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ADELAYDE COSTA PINTO.pdf747.78 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.