Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2858
Registro completo de metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorWambier, Luiz Rodrigues-
dc.contributor.authorGarcia, Allinne Rizzie Coelho Oliveira-
dc.date.accessioned2021-02-10T17:07:17Z-
dc.date.available2021-02-10T17:07:17Z-
dc.date.issued2021-02-
dc.date.submitted2020-
dc.identifier.citationGARCIA, Allinne Rizzie Coelho Oliveira. Acesso à justiça Impactos das resoluções do Conselho Nacional De Justiça neste período de pandemia. 2020. 111 f. Dissertação (Mestrado em Direito Constitucional) – Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa, Brasília, 2020.pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2858-
dc.description.abstractBuscamos por meio desta pesquisa estudar sobre tema Acesso à Justiça, sob a ótica da atual realidade vivida pela sociedade, ou seja, estado de calamidade pública declarado em face da pandemia da Covid-19. Nosso objetivo foi avaliar a constitucionalidade das resoluções editadas pelo CNJ durante este período, analisando a legalidade das Resoluções e a validade dos atos processuais na forma como prevista nas referidas resoluções. Para tanto, fizemos extensa pesquisa bibliográfica, revisitando o entendimento de doutrinadores clássicos e atuais, assim como trazendo uma perspectiva de outros segmentos sobre este período pandêmico, que tanto afetou a atuação dos juristas. Assim, tivemos por objetivos específicos analisar a construção do conceito de acesso à justiça, a efetividade deste direito fundamental sob a luz da Constituição Federal e do Código de Processo Civil, os impactos das Resoluções editadas pelo CNJ nesta busca por efetividade e, por fim, procuramos entender quais os desafios que se colocam para o período pós pandemia. Noutro passo, não deixamos de avaliar quais os pontos positivos e negativos destes atos e as possibilidades de nulidade, acaso não respeitadas as garantias constitucionais processuais. Em apertada síntese, entendemos que a atuação do CNJ neste momento não foi inconstitucional, pelo contrário, encontra fundamento no artigo 37 e no artigo 103-B da Constituição Federal, bem como nos princípios norteadores do processo civil brasileiro, porquanto possibilitou que não houvesse total paralisação das atividades dos órgãos do Poder Judiciário neste período de pandemia e concedeu mais alcance dos atos processuais que são realizados na forma virtual.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherIDP/EABpt_BR
dc.rightsOpen Accesspt_BR
dc.subjectAcesso à justiçapt_BR
dc.subjectEfetividadept_BR
dc.subjectResoluções editadas pelo CNJpt_BR
dc.subjectPandemia do Covid-19pt_BR
dc.titleAcesso à justiça Impactos das resoluções do Conselho Nacional De Justiça neste período de pandemiapt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.location.countryBRApt_BR
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Direito Constitucional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ ALLINNE RIZZIE COELHO OLIVEIRA GARCIA_MESTRADO EM DIREITO_2019.pdf738.33 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.