Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2905
Título: A reclamação como instrumento de superação dos precedentes qualificados
Tipo: Dissertação
Autor(es): Wambier, Luiz Rodrigues
Nadal, João Eduardo de
Palavras-chave: Constituição Federal;Reclamação;Precedentes qualificados;Superação
Data do documento: Fev-2021
Editor: IDP/EAB
Citação: NADAL, João Eduardo de. A reclamação como instrumento de superação dos precedentes qualificados. 2019. 288 f. Dissertação (Mestrado em Direito Constitucional) – Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa, Brasília, 2021.
Resumo: O presente trabalho se propõe a analisar a Reclamação como instrumento hábil para garantir a aplicação e discussão sobre o conteúdo dos precedentes qualificados. A possibilidade surgiu com maior vigor após a publicação do Código de Processo Civil de 2015, que fez prever a Reclamação como um mecanismo para garantir a observância dos precedentes qualificados do art. 927. Para tanto, foi necessário estudar o regime de precedentes no Brasil e compará-lo com o modelo adotado no common law, especialmente na Inglaterra e Estados Unidos. Este exercício foi indispensável para compreendermos as diferenças e convergências dos sistemas. Discorremos também sobre os tipos de precedentes qualificados e como o sistema processual brasileiro encara sua aplicação, bem como as melhores técnicas interpretativas para tirarmos o melhor proveito desses provimentos vinculantes. Decidir por precedentes não chega a ser uma novidade no ordenamento jurídico brasileiro, mas até antes do CPC/2015 eles tinham força persuasiva e não vinculante. A Reclamação foi eleita pela legislação processual como principal instrumento para garantir a aplicação dos precedentes qualificados. Mas além de garantir sua aplicação, a Reclamação pode promover a rediscussão do precedente quando confrontado com o caso concreto. Isto permite expandir os limites do precedente, bem como promover a superação do seu conteúdo. Para que pudéssemos verificar esta possibilidade por meio da Reclamação, traçamos uma linha histórica do surgimento da ação constitucional até os dias atuais, analisando seu quadro evolutivo, sua natureza jurídica e sua aceitação pela doutrina e jurisprudência como instrumento de reinterpretação desde o controle concentrado até os precedentes qualificados
URI: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2905
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Direito Constitucional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ JOÃO EDUARDO DE NADAL_MESTRADO EM DIREITO_2019.pdf10.04 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.