Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2975
Título: A gestão da prova e a efetivação do sistema acusatório
Tipo: Dissertação
Autor(es): Callegari, André Luís
Coqueiro, José Maurício Vasconcelos
Palavras-chave: Sistema acusatório;Sistema inquisitório;Estado democrático de direito;Prova;Instrução probatória;Processo penal
Data do documento: Fev-2021
Editor: IDP/EAB
Citação: COQUEIRO, José Maurício Vasconcelos. A gestão da prova e a efetivação do sistema acusatório. 2020. 98 f. Dissertação (Mestrado em Direito Constitucional) - Instituto Brasileiro de Ensino, Desenvolvimento e Pesquisa , Brasília, 2021.
Resumo: A presente dissertação tem por objetivo estudar a faculdade da iniciativa probatória do juiz no processo penal. A pergunta que se busca responder é se a faculdade da iniciativa probatória pelo juiz tem respaldo no Processo Penal disciplinado na Constituição da República. Para alcançar os fins buscados, haverá uma breve incursão sobre os elementos históricos entre os sistemas acusatório, inquisitório e misto, além das concepções da Constituição Federal de 1988 e do Estado Democrático de Direito e, igualmente, enquanto sistema em si. Ao longo do artigo, a iniciativa probatória do juiz penal é identificada como um importante entrave a efetivação do sistema preconizado na Constituição da República. A discussão volta-se, então, encontrar meios de retirar da legislação infraconstitucional a autorização para a gestão da prova pelo magistrado, conferindo às partes a exclusividade da iniciativa probatória.
URI: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/2975
Aparece nas coleções:Mestrado Acadêmico em Direito Constitucional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertação_ JOSÉ MAURÍCIO VASCONCELOS COQUEIRO_2020.pdf687.94 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.