Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/782
Título: A abrangência da competência legislativa dos Municípios em matéria de transporte coletivo viário e a instituição de penalidades para o transporte coletivo irregular de passageiros de interesse local
Tipo: Monografia de especialização
Autor(es): Borges, Alessandro Salerno
Palavras-chave: Transporte Coletivo Irregular;Transporte;Trânsito;Competência Legislativa Plena;Competência Legislativa Geral
Data do documento: 2013
Editor: IDP
Citação: BORGES, Alessandro Salerno. A abrangência da competência legislativa dos Municípios em matéria de transporte coletivo viário e a instituição de penalidades para o transporte coletivo irregular de passageiros de interesse local. Brasília, 2013. 51f.- Monografia (Especialização). Instituto Brasiliense de Direito Público.
Resumo: Este trabalho, interpretando a Constituição Federal de 1988, pretende delimitar a abrangência da competência legislativa atribuída aos Municípios para tratar da matéria: transporte coletivo viário ou terrestre de passageiros, tendo como objetivo principal definir a extensão da competência municipal para instituir penalidades. Discorre sobre o Princípio Federativo e o Estado Federal Brasileiro, sobre os Métodos e Princípios Interpretativos Constitucionais, sobre a repartição de competências federativas na Constituição correlacionando-a ao Princípio da Predominância dos Interesses, sobre os entendimentos jurisprudenciais minoritários e dominantes acerca da extensão da competência legislativa municipal para transporte coletivo. Considerando as decisões judiciais dominantes sobre o assunto, em capítulo próprio do trabalho, analisa-se a norma do VIII do art.231 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) dentro do cenário constitucional, atribuindo-lhe a natureza jurídica de norma de transporte coletivo. O tema escolhido possui clarividente relevância sócio-político-econômica, pois apresentará, esta é a proposta do trabalho, uma ferramenta para o combate ao transporte coletivo irregular de âmbito local/municipal. Concluindo, serão utilizados entendimentos doutrinários, jurisprudenciais e interpretativos próprios no sentido de, a partir da Constituição Federal de 1988, delimitar a abrangência da competência legislativa municipal sobre transporte coletivo, com foco na competência municipal para instituir penalidades mais gravosas do que as fixadas pelo VIII do art.231 do CTB.
Descrição: Monografia apresentada como requisito parcial à obtenção do título de Especialista, em Direito Administrativo no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu do Instituto Brasiliense de Direito Público – IDP.
URI: https://repositorio.idp.edu.br/123456789/782
Aparece nas coleções:Especialização em Direito Administrativo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia_Alessanro Salerno Borges.pdf210.57 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.