Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.idp.edu.br//handle/123456789/792
Título: O planejamento estratégico como instrumento de efetivo acesso à justiça do trabalho.
Tipo: Monografia de especialização
Autor(es): Souza Júnior, Antonio Humberto de
Edreira, Lucas Wolff
Palavras-chave: Direito do Trabalho;Poder Judiciário, Reforma;Acesso à Justiça do Trabalho;Acesso à Justiça, Planejamento Estratégico
Data do documento: 30-Abr-2013
Citação: EDREIRA, Lucas Wolff. O planejamento estratégico como instrumento de efetivo acesso à justiça do trabalho. Brasília, 2013. 63f. –Monografia (Especialização). Instituto Brasiliense de Direito Público.
Resumo: A crise do Poder Judiciário brasileiro, a qual se caracteriza pela morosidade, pelo excesso de formalismo e pelos altos custos, atinge a Justiça do Trabalho, a qual não tem conseguido solucionar de forma rápida as demandas que lhe são submetidas, perdendo uma das suas principais características, a celeridade. Entretanto, para se garantir o efetivo acesso à Justiça do Trabalho é indispensável que os conflitos trabalhistas sejam solucionados de forma rápida, uma vez que a demora no julgamento torna o sistema ineficaz, uma vez que as lides envolvem, basicamente, matéria de natureza alimentar. Com o objetivo de mudar este contexto organizacional, o Judiciário, como um todo, está adotando técnicas oriundas das ciências da administração, com vistas a proporcionar um serviço jurisdicional rápido e de qualidade, buscando dar efetividade ao princípio constitucional do acesso à justiça. Nesse sentido, em 2008 foi implantado um projeto de gestão estratégica do Poder Judiciário baseado na construção e execução de um planejamento estratégico nacional. O Planejamento Estratégico do Judiciário tem como finalidade aperfeiçoar e modernizar os serviços judiciais, tendo em vista a necessidade de se conferir maior continuidade administrativa aos tribunais, independentemente das alternâncias de seus gestores. No entanto, para alcançar a melhoria na prestação jurisdicional como um todo é necessário que cada unidade jurisdicional maximize seus resultados. Para isso cada ramo do Judiciário bem como cada tribunal desenvolveu o seu próprio planejamento estratégico alinhado aos objetivos estratégicos nacionais. Nesta linha, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho, órgão responsável pela Gestão Estratégica da Justiça do Trabalho, instituiu o Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho, o qual identificou as dificuldades e os problemas existentes na prestação jurisdicional trabalhista, e estabeleceu os meios para que a Justiça do Trabalho supere estes obstáculos, com o objetivo de melhorar a qualidade da prestação jurisdicional trabalhista. Outrossim, a Justiça do Trabalho tem buscado alcançar as metas estabelecidas no Planejamento Estratégico do Judiciário, o que permitirá, à longo prazo, se tornar mais ágil e eficiente, e, assim, possibilitará o efetivo acesso à Justiça do Trabalho
Descrição: Monografia apresentada como requisito parcial para obtenção do título de Especialista em Direito Processual do Trabalho no curso de Pós-Graduação Lato Sensu do Instituto Brasiliense de Direito Público- IDP.
URI: https://repositorio.idp.edu.br/123456789/792
Aparece nas coleções:Especialização em Direito Constitucional

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Monografia_Lucas Wolff Edreira.pdf354.1 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.